Dicta 09 – Índice

A revista deve chegar às lojas nos próximos dias! O evento de lançamento, para o qual publicaremos o convite aqui no site na semana que vem, será dia 22/08; resolvemos inovar um pouco e fazê-lo sobre poesia; aguardem os detalhes. Aproveitando esses últimos dias antes das vendas, aproveitamos para publicar no site o índice da…

Dicta&Contradicta 09 – Editorial

Caros leitores, a espera foi (e é) longa! Diversos problemas operacionais atrasaram nossa nona edição. Agora, contudo, eles são coisa do passado; a revista se encontra no prelo e deve chegar às lojas em breve. Enquanto o dia não chega, publicamos aqui no site, como de costume, o editorial desta que é a nona edição…

Salingaros sobre o Modernismo

Meu amigo virtual de pouco contato, o prolífico matemático grego Nikos Salingaros, colaborador da Dicta&Contradicta impressa, acaba de publicar em co-autoria com Mark A. Signorelli um artigo na New English Review, acessível online: The Tyranny of Artistic Modernism. Vale conferir imediatamente. Tendo a desconfiar das críticas imoderadas, mas a observação de Salingaros/Signorelli de que “all artistic creation is…

Asserções normativas

Gostaria, quase que como um exercício, de discutir a tese do meu amigo e colega colunista Joel Pinheiro sustentada numa  discussão sua com o luso Filipe Faria publicada no blog Ad Hominem (§ 2). Trata-se da seguinte proposição: (1) É impossível derivar qualquer juízo normativo de afirmações positivas sobre os costumes ou a biologia humanos. O problema…

A doença da novidade

Há mesmo distinção entre música clássica e música contemporânea? André Egg realiza o feito no Amalgama, um pouco para desdobrar seu ponto de vista, aquele que foi comentado de passagem em um de meus posts anteriores, sobre – quem mais! – André Rieu; realiza, ia dizendo, o feito: distingue música clássica (entendida como música do…

Certeza e verdade

Talvez a pergunta mais difícil da filosofia seja: de quais coisas podemos estar realmente certos? (Ela é qualificada desse modo por Russell em Problems of Philosophy, no primeiro capítulo.) O número de situações que passam nesse teste, de conformidade com o julgamento do vulgo, pode ser maior ou menor. Os céticos empedernidos, tipos mais raros, não…

Terror estatístico e demonstração

Suponha que um juiz profira uma sentença nesses termos, depois de relatar o processo e as alegações das partes: “Há várias soluções possíveis para o caso. Escolhi uma delas arbitrariamente. Aí vai: o réu deve pagar ao autor o valor de R$ 100.000,00 como indenização por perdas e danos pela razão tal, que aliás é…

Carnificina Sutil

Pode não parecer, mas Deus da Carnificina (Carnage) é um filme de Roman Polanski. O diretor que, com filmes como O Bebê de Rosemary, Repulsa ao Sexo e O Inquilino, dedicou-se ao terror e ao surreal, encontrou uma forma mais sutil, porém não menos interessante, de abordar os mesmos temas. De forma mais amena (e…

Em busca de Molière

Comparar Lang Lang com André Rieu pareceu exagerado até para quem não gosta da música do pianista. Meu quase xará Leonardo T. Oliveira foi o primeiro a ocupar o espaço de comentários abaixo do post, desdobrando-o em duas pertinentes observações que foram, posteriormente, retrabalhadas em um longuíssimo ensaio no seu excelente blog, Euterpe. É sempre…